segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Teoria da inspiração

O astro escarlate dobrava as montanhas

No lado oposto, como em paradoxo

A grandiosa lua já se ostentava

Exibindo-se gloriosa



Cabelos agitados pelo vento

Energias se equalizando

Mãos deslizando pelo rosto

Olhar penetrante



Abrasado...

Novamente o olhar

Novamente o movimento dos cabelos

Lábios contraídos e úmidos



Mãos que deslizam sobre a pele

Cabelos decaídos por sobre a face

Como que castigados pelo vento

Abrasado, afervorado



O olhar é desviado

Olhos se firmam no crepúsculo

Admirando a rubra cor

As cortinas são fechadas


Por: Netinho


Em homenagem a três amigas... C.O., C.S., A.P.

1 comentários:

Caroline disse...

o viagem q te inspirou eim, ficou ótimo. bjão, te adoro!!

ps: rsrsrsrsrsrs!! ah detalhe, é carol cerdeira é com c rsrs. Esquenta não bj